4 de fevereiro de 2009

leminskiando


não fosse isso
e era menos
não fosse tanto
e era quase.


caprichos e relaxos - p. leminski



4 comentários:

andrea disse...

que lindo!

Cri K disse...

lindo né! lembra do microquarto da v. mariana? onde leminskiávamos noites e noites...

Anônimo disse...

evapora
perfume
para o lume
lá em cima
o alto lume
respira
perfumes
você
se lança
cume
nume
névoa
vaga-lumes
p.l.

Lu

Mauro Rocha Marques disse...

porreta essa figura!!!...
quando eu ouço algumas canções do arnaldo parece que ele vive repetindo as palavras desse cidadão...
e fica um tal de querendo..
eu querendo ser o arnaldo e o arnaldo querendo ser o paulo...

pra mim esse senhor catatau parece um monolito com "mutações" no mínimo alucinantes...
hehehe...doidera...é como o Fernando Pessoa reger uma peça do Cage....

muito bom..

abraço

maurão