20 de fevereiro de 2009

af... o carnaval!


imagino que poucos concordam comigo, mas o festival de bundas no carnaval é uma coisa insuportável. e com o advento do silicone a coisa foi só piorando. são tantas formas plastificadas de peitos e bundas que fica fácil acreditar que todas foram ao supermercado e pegaram na prateleria uma bunda igualzinha a da sua vizinha. dá até medo ver um telejornal inofensivo e se deparar com a moça do tempo de microbiquini e com a cabeça cheia de penas. af... aaaffff...


mas aí que para "descansar" um pouco resolvi ler um nelson rodrigues, e encontrei dentro do livro essa fotografia sensacional. uma pena, mas não tenho nenhuma referência sobre o fotógrafo porque ganhei assim, um recorte de revista mesmo. mas para tempos de bunda de fora um trechinho para fazer rir. e quem gostar procura o livro porque é genial mesmo.


"Meu Deus, se alguém me perguntasse o que há de mais patético no ser humano, daria a seguinte resposta fulminante: _ "A nudez". Para mim, não há nudez intranscendente. Explicarei, mais adiante, por que um vago decote pode comprometer ao infinito. Mas o que importa, de momento, é contar o grande espanto da minha infância."

a menina sem estrela; memórias - nelson rodrigues

2 comentários:

Arnaldo disse...

Não tenho nada contra as bundas e os peitos belos. Só os falsos me incomodam. Mesmo que sejam belos.

Cri K disse...

rrssrrss ...
então arnaldo, mas na verdade foi só uma desculpa para postar um nelson rodrigues viu. gosto muito do seu baú de tranqueiras. abçs.